Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

MUITO ESTUDO E POUCO RESULTADO? ESTRATÉGIAS PARA DESENVOLVER COM O SEU FILHO/ALUNO.

BE Janeiro 18, 2016 0
MUITO ESTUDO E POUCO RESULTADO? ESTRATÉGIAS PARA DESENVOLVER COM O SEU FILHO/ALUNO.

Deixamos aqui algumas das muitas orientações e estratégias que podem desenvolver com os vossos educandos, para que estudar seja um eficaz momento de aprendizagem:

  • Consciencializar da importância do estudo – criar a necessidade de aplicar a matéria académica no seu dia-a-dia ou no seu futuro; criar a necessidade de o jovem aprender para atingir outros objetivos;
  • Tornar mais produtivo o estudo:
  1. Começar por estudar a matéria que menos gosta;
  2. Incentivar o estudo porque irá aprender mais e não pela nota;
  3. Procurar criar interesse para o aluno em todas as matérias leccionadas e apreeendidas;
  4. Não estudar sequencialmente as áreas de conhecimento parecidas, uma pode confundir a outra. Ex: Intercalar Português – Matemática; Ciências – História;
  5. Refazer as atividades dados em sala, diariamente – a prática autónoma desenvolve a aprendizagem.
  • Organizar o horário de estudo:
  1. Reservar pelo menos 2h de estudo diário;
  2. Procurar estudar os conteúdos apresentados pelo professor o mais cedo possível após a aula;
  3. Fazer um intervalo de dez minutos a cada 50 minutos de estudo;
  4. Estudar primeiramente os conteúdos mais difíceis – estudar alternadamente conteúdos onde haja mais ou menos dificuldade.
  5. Não esperar sentir vontade para começar a estudar na hora marcada; Seguir o plano de estudo até formar o hábito;
  6. Utilizar o domingo como dia de descanso, no máximo usá-lo para a leitura.
  7. Não esquecer de deixar espaço para o lazer, diversão e atividades motoras e ao ar livre fazem muito bem e estimulam o cérebro;
  • Tentar desmistificar o factor ”decorar”/“memorizar”, o importante é entender a ideia do conteúdo apresentado, seja através de esquemas visuais, seja através de tópicos e respetiva descrição;
  • Estudar antecipadamente e nunca na véspera de um teste – ter tempo para debater dúvidas e conhecimentos adquiridos;
  • Utilizar métodos e estratégias variadas e propostas de atividades desafiadoras e multi-sensoriais – quebrar a rotina em aprender sempre sentado numa cadeira, a ouvir, a escrever numa folha ou a ler num livro;
  • Manter sempre um bom relacionamento com o educando, e consequentemente, um clima de harmonia;
  • Oferecer-lhe segurança para que se sinta à vontade quando tiver dúvidas – dar abertura para que se expresse por meio do diálogo;
  • Evitar punições e ameaças, educar não se baseia só com castigo, porque senão o fracasso académico acaba por ser algo ainda mais negativo para o educando; Opte pelo reconhecimento do esforço, com elogios e recompensas (evitar as monetárias, e optar por recompensas construtivas, como um livro que queria muito ou até um passeio ou viagem);
  • Tente ser o exemplo, mostrando ter hábitos de leitura, incentivar atividades familiares educativas (como ida a museus, jogos educativos, leituras);
  • É importante que os pais disponham de algum tempo para auxiliar os filhos nas suas atividades escolares, demonstrando interesse e apoio pelos estudos, estimular o pensamento e reflexão do jovem, para identificar e analisar, ajudando-o a pensar com autonomia, ensinando critérios para filtrar as informações recebidas diariamente;
  • Os pais podem estudar com o filho, mas é importante que o auxilie a aprender a estudar sozinho. Cada sujeito desenvolve a sua capacidade de aprendizagem, nenhum filho tem que ser comparado a outro, pois cada um tem um ritmo diferente aliado as diferentes estratégias.

Estudar é aprender, é desenvolver-se, é tornar-se um jovem mais maduro e mais capaz. Então é algo bom e os educandos precisam ver isso de uma maneira positiva.

 

Por, Patrícia de Sousa Teixeira

in, http://uptokids.pt/


-->

Deixe um comentário »