Halloween

BE Novembro 28, 2023 0
Halloween

Portugal não tem uma tradição tão forte neste dia como os Estados Unidos e o Reino Unido, mas também se celebra o Halloween no nosso país, sobretudo pelas crianças e jovens, que saem às ruas para fazer travessuras. Mais Halloween e menos pão por Deus, num fenómeno a que chamam de “aculturação”. Se faz sentido, não interessa. Como lembra Robot, “a pureza cultural nunca existiu, as culturas são o resultado da confluência de vários povos, várias tradições, línguas e crenças religiosas”.

Doçura ou travessura?

Com muita alegria e animação, o Halloween no AE Fernando Távora foi celebrado com desfiles, concurso de disfarces, decoração alusiva ao dia, muitas doçuras e algumas travessuras.

Todas as escolas se vestiram a rigor: morcegos, abóboras, bruxas, fantasmas, aranhas e esqueletos… muitos chapéus.

Na EB 2,3 realizou-se um desfile organizado pelo Grupo de Inglês. A música ditava os passos dos mascarados do 2º e 3º ciclos, que eram bastante aplaudidos. A adesão foi grande e a animação ainda maior.

O júri, constituído por vários elementos da comunidade escolar, não teve uma tarefa fácil na atribuição dos prémios.

Terminado o concurso e depois de alguns pezinhos de dança, a comemoração parecia ter terminado. Eis que, de repente, um pequeno grupo de alunos e professores entram pelas salas a assustar toda a gente. Valeu a travessura, porque levaram uma doçura.

 

Valdir Teixeira


-->

Deixe um comentário »